DICAS

Ter uma piscina aquecida é uma ótima solução para garantir a diversão da família o ano todo

independente da estação e do clima. No entanto, se a piscina tradicional já demanda alguns cuidados básicos, a água aquecida faz com que outros mais sejam necessários também.

Mas isso não é motivo para desânimo ou arrependimento! No post de hoje, trouxemos 5 cuidados que você deve ter com a sua piscina aquecida. Assim, você e sua família podem desfrutar de momentos de alegria sem preocupações.

Veja como é simples:

1. Medição e correção do cloro na piscina aquecida
O cloro é um componente muito volátil, ou seja, ele evapora com bastante facilidade. E embora a medição e correção do nível de cloro na água deva ser feito com regularidade em qualquer piscina, nas aquecidas isso deve ocorrer com mais frequência, pois o calor faz com que a evaporação seja ainda mais rápida.

Utilize um medidor de cloro e verifique se o nível está entre 1.0 e 3.0 ppm, que são os valores ideais. Caso a medição esteja abaixo desses valores, será preciso adicionar mais produto, pois ele não está em quantidade suficiente para manter a água limpa.

No início, pode ser necessário fazer a medição e a correção diversas vezes ao dia. No entanto, com o tempo você verá naturalmente qual é a frequência ideal, a partir do momento em que os níveis de cloro começarem a estabilizar.

2. Controle do pH ideal
O pH mede o nível de acidez da água e deve estar entre 7,2 e 7,6 para que os produtos de limpeza ajam corretamente. Em geral, o calor faz com que esse valor se eleve — fazendo com que alguns deles não sejam completamente eficazes.

Por isso, é importante medir a acidez diariamente. Caso constate que os níveis estão realmente mais altos do que o ideal, utilize um redutor de pH para resolver o problema. Já se acontecer o contrário, um elevador de pH é a solução.

3. Limpeza das bordas
O asseio das bordas é muito importante para manter sua piscina limpa e segura. Quando falamos de águas aquecidas, esse trabalho é ainda mais fundamental, pois o calor potencializa a liberação de gordura e suor da pele — e eles se acumulam nas paredes.

Assim, de nada adianta o controle dos níveis de cloro e pH da água se as bordas não estiverem limpas. Mas resolver essa questão não é difícil: basta aumentar a frequência de limpeza dessas regiões, evitando o acúmulo de sujeira nelas.

4. Reposição da água evaporada
Não é só o cloro que evapora mais rápido na piscinas aquecida — a própria água também. Como consequência disso, ela vai esvaziar mais rapidamente e você vai precisar enchê-la com mais frequência.

Uma boa forma de evitar o desperdício de água é cobrindo sua piscina com uma lona.

5. Frequência de manutenção
Além de todos esses cuidados que mencionamos até aqui, é preciso também realizar algumas manutenções frequentes, como em qualquer piscina. Veja a seguir a frequência de manutenção ideal para o verão ou outras épocas com uso mais intenso. Quando a piscina estiver sendo pouco utilizada, é possível realizar cada um deles com um intervalo de tempo maior.

Diariamente
Retirar folhas e insetos que fiquem boiando na superfície;
aplicar algicida para combater as algas.
Semanalmente
Realizar a limpeza da bomba, cujo cesto acumula sujeira;
limpar os filtros, utilizando as funções retrolavagem e enxágue.
A cada 2 semanas
Limpar o skimmer (mecanismo que suga a sujidade em suspensão na água);
aspirar o fundo da piscina para remover a sujeira que se acumula ali.
Viu como não é tão difícil assim cuidar de uma piscina aquecida? Conhecendo os procedimentos adequados, basta inseri-los em sua rotina para poder aproveitá-la ainda mais.

Agora, imagine se, além da piscina aquecida, você tivesse uma sauna para chamar de sua? Gostou da ideia?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat
Fechar
Fechar